Dicas básicas para melhorar a gestão de estoque

Dicas básicas para melhorar a gestão de estoque

Comandar uma empresa está longe de ser a tarefa luxuosa que muitos imaginam. Comandar uma equipe e gerenciar um negócio envolve muita responsabilidade e cuidado, que geram um peso enorme a ser carregado. Mesmo tendo a consciência de que não pode nem deve fazer tudo dentro do seu negócio, o bom empreendedor precisa ter ao menos o conhecimento do que se passa em cada um dos setores, só assim ele poderá garantir a satisfação de sua clientela e de seus colaboradores. Ao longo desse texto, será discutido um dos problemas que rodeiam a mente do empreendedor: A gestão de estoque!

Gerenciar o estoque é mais que uma tarefa, é uma ciência que envolve conceitos muitas vezes difíceis de compreender, por isso, grande parte dos administradores negligência essa atividade, o que acaba os impedindo de obter maiores lucros. O estoque pode ser indicador de diversas situações dentro de uma empresa, portanto, é preciso se esforçar em entender os sinais que ele expressa. Quando os produtos começam a faltar, indicam que a gestão não está atenta aos consumidores e suas necessidades, os produtos em excesso, por sua vez, representam previsões de venda errôneas, que necessitam ser reavaliadas. Para evitar esses problemas, veja a seguir algumas dicas básicas para melhorar a gestão de estoque.

  • Conhecer e confiar em seus fornecedores!

    Gestão-de-estoque-Fornecedores-01-300x171O preço é obviamente uma das questões mais relevantes ao optar por um determinado fornecedor, entretanto, essa maneira limitada de pensar pode acabar gerando prejuízos. Um fornecedor precisa cobrir as suas necessidades de suprimentos e produtos, ou seja, ele acaba se tornando responsável indireto pelos seus lucros e funcionamento satisfatórios. Não se pode dar esse privilégio a qualquer um apenas por oferecer preço baixo. É preciso verificar a credibilidade destes fornecedores, a prontidão na entrega e construir com ele uma relação de confiança, visando o crescimento de ambos.

  • Manter a organização!

    Pode parecer piegas, mas isso é indispensável. Organizar não se trata apenas de estocar seus itens em uma posição agradável visualmente, a gestão de estoque vai muito além disso. Primeiro é indicado padronizar as descrições e marcações em seus produtos, com isso evitam-se os registros duplicados e a busca por esses produtos fica mais fácil. Essa padronização ocorre geralmente através dos códigos de barra, ou de forma mais sofisticada em sistemas de gestão, que envolvem equipamentos específicos para catalogar os itens. Após organizar a denominação de cada produto está na hora de escolher os lugares onde cada um deve estar estando atento às condições mínimas de garantia para cada tipo de item, ou o prejuízo acaba vindo ainda mais rápido, a exemplo de alimentos que acabam estragando por conta de um condicionamento inadequado.

  • Analisar seus relatórios!

O administrador precisa acompanhar de perto as movimentações que ocorrem na empresa. O controle rígido sobre as saídas e entradas ajudará a fazer previsões de venda mais assertivas, assim como a análise em tempo real do fluxo de caixa indicará os produtos com maior rentabilidade. Através da margem de lucro, por exemplo, você poderá perceber o quanto te custa armazenar produtos, e como o estoque parado influencia suas contas.Os registros contábeis são uma arma poderosa, só é preciso usá-los a seu favor.

  • Planejar as compras!gestão-de-estoque-compras-01-300x171

Decisões não planejadas tendem a colocar toda a sua estratégia a perder. Não faça compras sem passar pelos itens acima, além da quantidade a ser comprada, o momento da aquisição também deve ser levado em conta, analise os prazos de seus fornecedores e os prazos que oferecerá a seus clientes, esteja atento às validades e se esforce para manter um estoque de segurança.

  • Automatizar processos!

gsetão-de-estoque-automatizado-01Para manter o estoque ainda mais organizado, a melhor saída está na automatização de processos. Sistemas ERP, por exemplo, integram os dados de diversos setores, e programam automaticamente as compras para reposição de estoque assim que os níveis identificados estiverem abaixo de um valor mínimo definido. A implantação de sistemas de gestão, melhora a dinâmica empresarial e reduz o tempo gasto com processos corriqueiros e repetitivos, como a própria verificação de estoque.

Já ficou claro como a tarefa de gestão de estoque não é nada simples, mas isso não quer dizer que você não irá conseguir! Basta apenas dedicar um pouco do seu tempo para analisar sua situação atual e extrair dela possibilidades de melhorias.

Sem comentário

Escrever um comentário

Comentário
Nome
Email
Website

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.